Febraban vai ensinar finanças pessoais

Novo site entra no ar na quarta-feira como parte do plano da entidade de se aproximar do cotidiano dos consumidores.

Fonte: Roberta Scrivano, de O Estado de S.Paulo

SÃO PAULO – Uma seção sobre como economizar nos processos de embelezamento para as mulheres. Aos chefes de família, indicações de qual o melhor momento para financiar um carro. Dicas de como lidar com a mesada para as crianças. Para reunir a família, um software para organizar o orçamento no qual cada membro tem o seu próprio login e decide o que quer compartilhar com os demais.

Essas são algumas das lições de educação financeira que estarão disponíveis gratuitamente no novo portal da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), que entra no ar na quarta-feira, dia 16, sob o endereço: www.meubolsoemdia.com.br.

Inovador, fácil e divertido são os termos usados pelo diretor de educação financeira da Febraban, Fábio Moraes, para definir o novo portal, que é uma reformulação de um site que já estava no ar, também chamado de “Meu bolso em dia”.

A primeira versão do site está disponível há um ano. Durante esse tempo, a Febraban contabilizou quase 2 milhões de visitas. “A procura é grande. Percebemos que poderíamos fazer algo mais completo”, explica Moraes.

Para chegar ao “algo mais completo”, a Febraban compilou todas as dúvidas dos consumidores recebidas por meio dos seus canais de comunicação (no site e por telefone). “Fomos entendendo a necessidade das pessoas e, a partir daí, elaboramos o novo portal”, conta Moraes. “Agora vamos ficar mais próximos do cotidiano das pessoas”, emenda.

No software de organização do orçamento (“que não é uma simples planilha”, reitera Moraes) chamado Jimbo, por exemplo, a Febraban incluiu gráficos de pizza que mostram exatamente para onde vai o dinheiro. “Com o gráfico de pizza é mais fácil ‘ler’ onde a família está gastando muito”, diz o diretor da federação dos bancos.

Estabilização. O tema educação financeira ganhou força no Brasil depois da estabilização da economia, que resultou no aumento da renda e do poder de compra da população e na enxurrada de oferta de crédito às pessoas físicas.

“Sabemos da importância da educação financeira há alguns anos, mas o tema só entrou de vez no Brasil recentemente, com a ampliação da oferta de crédito”, endossa a educadora financeira Cássia D’Aquino.

A importância de saber lidar com o aumento de renda e a consciência da necessidade de poupar e posteriormente investir também é despertada com lições de educação financeira, destaca Mauro Calil, que também é educador financeiro.

Outra função importante da disseminação do tema é controlar os níveis de inadimplência por meio da conscientização da necessidade de organização do orçamento familiar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: