Bird dará apoio a agricultores da região serrana

Área afetada pelas chuvas deverá receber R$ 2 milhões para a reconstrução de casas, além de mais verbas para o programa Rio Rural.

Isabela Vieira, da AGÊNCIA BRASIL  – Exame.com

Rio de Janeiro- O Banco Mundial (Bird) vai intensificar a parceria com a Secretaria de Agricultura e Pecuária do estado do Rio para a recuperação de sítios e lavouras atingidos pelas chuvas de janeiro. As enxurradas na região deixaram, até agora, 870 mortos em sete municípios e milhares de desabrigados.

Mais de R$ 2 milhões devem ser destinados pelo banco multilateral para reconstrução de cerca de mil casas na área rural, compra de adubos e sementes e instalação de rede de água e esgoto. O dinheiro será repassado para o programa Rio Rural, que já recebe recursos do Bird. Nesse momento, a prioridade será a recuperação de lavouras e das condições de vida dos produtores rurais.

“Não queremos que esse agricultor vá engrossar filas de programas habitacionais na cidades”, disse o secretário de Agricultura, Christino Áureo. “São pessoas que perderam toda a sua condição de trabalho, que estão sem nada, da enxada a equipamentos de irrigação”, afirmou. Segundo ele, 3,2 mil agricultores, de um total de 17 mil, foram diretamente atingidos na região.

Para calcular os prejuízos, uma missão de especialistas do Bird visitará Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo entre hoje e amanhã (10). A previsão é que, no próximo dia 15, o presidente do banco no Brasil, Makhtar Diop, anuncie os recursos para os pequenos agricultores fluminenses, em evento com o governador do Rio, Sérgio Cabral.

Segundo o Bird, após as chuvas foram disponibilizados para o Rio Rural U$ 20 milhões dos US$ 485 milhões anunciados como ajuda financeira para o estado, em janeiro. A primeira parcela do empréstimo (U$ 200 milhões) deve estar disponível em abril.

O secretário de Agricultura explicou ainda que parte desse dinheiro será aplicada na desobstrução e recuperação de estradas vicinais e pontes, fundamentais para o escoamento da produção agropecuária. As enxurradas provocaram a queda de mais de 2,2 mil barreiras em estradas da serra fluminense.

Amanhã (10), mais medidas para a área rural devem ser divulgadas pelo ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, que estará em Nova Friburgo, acompanhado do vice-governador do Rio, Luiz Fernando Pezão e do secretário Christino Áureo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: