Apesar da alta dos juros, mercado eleva novamente inflação em 2011

Foi a sétima semana consecutiva de piora nas expectativas inflacionárias; nem 2012 escapou do pessimismo

Fonte: Luís Artur Nogueira | Exame.com

                                                                                                                             Agência Brasil1ª Reunião do Copom do governo Dilma

Decisão do Copom não foi suficiente para melhorar as expectativas inflacionárias

São Paulo – O boletim Focus do Banco Central, que colhe semanalmente as previsões de analistas de cerca de 100 instituições financeiras, elevou de 5,42% para 5,53% a estimativa para a inflação oficial neste ano. Foi a sétima alta consecutiva do IPCA, que está se distanciando do centro da meta (4,5%). No ano passado, o índice foi de 5,91%, o maior desde 2004.

Na quarta-feira passada (19), o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central elevou a taxa básica de juros em 0,5 ponto percentual, de 10,75% para 11,25% ao ano. A maioria dos economistas prevê a elevação da Selic em mais 1 ponto percentual ao longo do semestre.

As previsões para a cotação do dólar seguiram inalteradas (R$ 1,75), assim como as estimativas para o crescimento do Produto Interno Bruto (4,5%). 

O mercado elevou de US$ 9 bilhões para US$ 9,27 bilhões a projeção para a balança comercial nesse ano. Se concretizado, o resultado será bem inferior aos US$ 20,2 bilhões registrados em 2010.

Bola de cristal para 2012

O boletim Focus desta segunda-feira (24) traz ainda estimativas para a economia brasileira no ano que vem. A principal surpresa é que as projeções não cravam mais o centro da meta para a inflação (4,50%). – pela primeira vez, elas indicam aceleração (4,54%). Já o crescimento do PIB  de 2011 ficou em 4,50% e dólar, em R$1,80.

Fonte: Banco Central
Previsões – Mediana 2011 2012
IPCA 5,53% 4,50%
IGP-DI 5,85% 4,50%
IGP-M 5,77% 4,50%
IPC-Fipe 4,90% 4,50%
Câmbio – fim de período (R$/US$) 1,75 1,80
Câmbio – média do ano (R$/US$) 1,72 1,79
Meta Taxa Selic – fim de período (ao ano) 12,25% 11%
Meta Taxa Selic – média de período (a.a.) 12,06% 11,42%
Dívida Líquida do Setor Público (% do PIB) 39,30% 37,80%
PIB 4,50% 4,50%
Produção Industrial 5,02% 5,00%
Conta Corrente (US$) -67,00 bilhões -68,76 bilhões
Balança Comercial (US$) 9,27 bilhões 5,20 bilhões
Inv. Estrang. Direto (US$) 40,00 bilhões 41,00 bilhões
Preços Administrados 4,40% 4,50%
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: