Classe C já compra quase a metade dos eletrônicos

Fonte: Folha.com

A nova classe C se tornou a principal consumidora de eletrônicos e eletrodomésticos durante o governo Lula e deve fechar o ano responsável por 45% das vendas, informa a reportagem de Mariana Sallowicz

Em 2003, essa faixa tinha 27% das compras. Em contrapartida, o consumo das classes A e B caiu de 55% para 37%, mostra estudo do instituto Data Popular a partir de informações do IBGE.

Entre os bens de consumo da classe C, o microcomputador foi o que apresentou o maior crescimento nos dois mandatos de Lula. Passou de 13% dos lares, em 2002, para 52%, no ano passado.

A Pesquisa Mensal do Comércio do IBGE apontou alta recorde de 11,1% de janeiro a outubro. Com um bom Natal no varejo, o ano deve terminar com avanço superior a 10%.

Na opinião da professora do Provar (Programa de Administração do Varejo) da FIA (Fundação Instituto de Administração), Elaine Brito, a classe D será a próxima a ascender fortemente e deverá ter uma evolução mais forte no consumo durante os próximos anos.

Editoria de Arte/Folhapress

Bradesco anunciou mais oito opções de microsseguro.

Fonte: DENISE MENCHEN – Folha.com

A Bradesco Seguros anunciou ontem que tem oito opções de microsseguro já formatadas para lançamento a partir de 2011. A empresa aguarda a aprovação do projeto de lei que regulamenta a modalidade para colocá-los no mercado.

O texto, em tramitação no Congresso, prevê a concessão de benefícios fiscais e tributários para seguradores e segurados.

O microsseguro é um produto com foco nas classes de renda mais baixa e, por isso, tem características próprias. Segundo o diretor da Bradesco Vida e Previdência, Eugênio Velasques, o custo mensal dos oito produtos já desenhados pelo grupo vai variar de R$ 3 a R$ 15.

A expectativa do executivo é que o marco regulatório do setor seja aprovado a tempo de permitir o lançamento de três deles em junho. Serão seguros que combinarão dois tipos de proteção: um para residência e vida, outro para acidentes pessoais com proteção financeira e o terceiro para proteção financeira com assistência funeral.

O seguro de proteção financeira garante o pagamento de contas em caso de imprevistos que façam com que a pessoa perca sua renda, como demissão involuntária ou invalidez. Um grupo de pesquisadores morou por quatro meses em Heliópolis, em São Paulo, e na Rocinha, no Rio, para estudar as famílias.

A Bradesco Seguros já tem dois produtos voltados para as classes C, D e E. O Primeira Proteção custa R$ 3,50 por mês e tem cobertura de R$ 20 mil por morte acidental.

O outro é o Bilhete Residencial. Por R$ 9,90 anuais, o segurado tem direito a R$ 10 mil em caso de danos à residência causados por explosão, incêndio ou raio.

Aeroviários farão greve dia 23 de dezembro

Não houve acordo entre os trabalhadores e as empresas durante reunião nesta quarta-feira para definir o reajuste salarial.

Fonte: Marília Lopes, do estadao.com.br

SÃO PAULO – Após reunião com representantes das empresas aéreas na tarde desta quarta-feira, 15, os aeroviários decidiram que farão uma paralisação no dia 23 de dezembro, informou a presidente do Sindicato Nacional dos Aeroviários, Selma Balbino. Não houve acordo entre os trabalhadores e as empresas durante a reunião para definir o reajuste salarial.

As empresas aéreas mantiveram a proposta de reajuste de 6,8%, baseado no INPC. Segundo a assessoria de imprensa do Sindicato Nacional das Empresas Aéreas (Snea), o salário do mês de dezembro e o 13º já teriam o reajuste. Os aeroviários reivindicavam 15% de reajuste salarial, na reunião de hoje chegaram a 13%.

“Saímos convencidos de que eles querem a greve”, disse Balbino. Segundo ela, como não houve sucesso nas negociações, por isso está programada a paralisação. “É a única saída para sermos respeitados. Não gostaríamos de causar contratempo as pessoas que irão viajar, mas não tivemos escolha.”

A presidente do Sindicato acusou as empresas aéreas de terem praticado overbooking, mais passagens vendidas do que assentos disponíveis. “Talvez eles vejam na paralisação uma maneira de justificar o excesso de venda de passagens”, afirmou. A assessoria do Snea disse que não irá se pronunciar sobre hipóteses, apenas sobre fatos.

Balbino não quis dar maiores informações sobre a paralisação, como quantos aeroviários devem aderir, quais aeroportos serão mais afetados, por “ser uma estratégia dos trabalhadores”. O Snea afirmou que não trabalha com a possibilidade de greve. E ressaltou que os maiores prejudicados seriam os passageiros que já programaram suas férias de fim de ano.

Prefeitura de São Paulo estuda tarifa de ônibus a R$ 3 em 2011

Fonte: EVANDRO SPINELLI – Folha.com

A Secretaria Municipal dos Transportes quer que a tarifa de ônibus seja de R$ 3 em 2011. O estudo foi encaminhado ao prefeito Gilberto Kassab (DEM) no início deste mês. Quem está analisando o caso é a Secretaria de Planejamento.

A tarifa de ônibus na cidade de São Paulo hoje é de R$ 2,70. Kassab deve autorizar um reajuste, ainda indefinido, para começar a valer a partir de janeiro, mas ainda não há data para sair a decisão.

Os cálculos estão sendo feitos pela Secretaria de Planejamento com base no Orçamento, aprovado ontem na Câmara Municipal, mas ainda não sancionado por Kassab.

Para saber o valor da tarifa é preciso calcular quanto a prefeitura terá em recursos para transferir às empresas de ônibus, na forma de subsídio. A proposta orçamentária elaborada pela prefeitura apontava para uma tarifa de R$ 2,90, com subsídio de R$ 600 milhões, mesmo valor que está sendo repassado às empresas neste ano.

Porém, a Câmara aumentou a verba para R$ 743 milhões. Com isso, é possível que o aumento da tarifa seja menor que o previsto originalmente.

Bovespa cai 0,8% no fechamento e recua para menor nível desde setembro

Fonte: Folha.com

A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) mais uma vez se descolou de sua principal referência externa, as Bolsas americanas, e encerrou as operações de hoje no campo negativo. Analistas destacaram expectativas com a reunião de autoridades da União Europeia, que pode anunciar medidas para conter a crise da região. Os indicadores divulgados nos EUA apresentaram um quadro misto, com uma certa melhora no mercado de trabalho, mas apontando números frustrantes no setor imobiliário.

O índice Ibovespa, que reflete os preços das ações mais negociadas, retrocedeu 0,83%, aos 67.306 pontos, o nível baixo desde setembro. O giro financeiro foi de R$ 6,8 bilhões. Nos EUA, a Bolsa de Nova York ainda opera, registrando alta de 0,38%.

As ações da Vale puxaram queda de hoje, sendo de longe os papéis mais negociados do mercado (volume de R$ 604,8 milhões), registrando desvalorização de 0,87%.

“A queda de hoje pode ser a antecipação do vencimento de opções na segunda. No mercado futuro, os índices projetados mostram um patamar mais alto, mais próximo, na verdade, dos 70 mil pontos”, comenta Waldney Trindade, da mesa de operações da Uniletra Corretora.

Opções são contratos que negociam direitos de compra ou de venda de um ativo, neste caso, ações da Bovespa. As opções sobre os papéis da Vale são, tradicionalmente, as mais movimentadas nos vencimento, e portanto, podem ser os maiores alvos de especulação no mercado.

O dólar comercial foi cotado por R$ 1,702, em um avanço modesto de 0,05%. A taxa de risco-país marca 1821 pontos, número 7% acima da pontuação anterior.

Entre as primeiras notícias do dia, o Departamento de Trabalho dos EUA informou uma demanda mais fraca do que o esperado pelos benefícios do auxílio-desemprego. Até a semana passada, foram registrados 425 mil pedidos iniciais, ante os 425 mil previstos por analistas do mercado financeiro.

Ainda nos EUA, o US Census Bureau, o escritório de estatísticas local, revelou que a construção civil ainda apresenta um ritmo lento na construção de casas, com um crescimento de 3,9% entre os meses de outubro e novembro, abaixo das projeções do setor financeiro (6%). A emissão de licenças para construção, por sua vez, encolheu 4% entre esses dois meses.

Já a conta corrente, que concentra as transações financeiras do país, apresentou um deficit de US$ 127,2 bilhões, crescendo pelo quinto trimestre consecutivo. Analistas do mercado financeiro projetavam um resultado de US$ 126 bilhões para o terceiro trimestre.

E o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, admitiu que a crise da Europa exige medidas para a toda a zona do euro, bem como iniciativas específicas para alguns países. ‘A crise soberana atual tornou-se sistêmica por natureza e é conduzida não apenas por fundamentos orçamentários, mas também pela má precificação do risco de crédito por investidores e pelo comportamento de rebanho no curto prazo nos mercados’, afirmou ele, em discurso.

BRASIL

O Banco Central avaliou que as medidas anunciadas há duas semanas para conter o crédito ao consumo podem ser seguidas de um aumento da taxa básica de juros para segurar a inflação. A informação consta da ata divulgada hoje, mas relativa à reunião da semana passada, quando a autoridade monetária decidiu manter a taxa em 10,75% ao ano.

E o Ministério do Trabalho e Emprego comunicou que foram criadas 138,247 mil vagas, com carteira assinada, no mês passado, já descontadas as demissões do período. Com o resultado de novembro, o país acumula 2,544 milhões de vagas formais criadas no ano, um recorde histórico para os onze primeiros meses do ano.